sorteio.banner

A menina que roubava livros Imprimir E-mail
especiais
Escrito por Tabatha Antonaglia   
Sex, 07 de Fevereiro de 2014 17:55

A menina

Que tal um cineminha neste fim de semana?

Com certo atraso indico um filme do qual gostei muito, "A menina que roubava livros". Muito aguardado por milhares de fãs, a adaptação do best seller The book thief estreou nos cinemas brasileiros na última sexta-feira, dia 31 de janeiro.

A história é narrada por ninguém menos do que a própria Morte, que conta parte da vida de Liesel Meminger (Sophie Nélisse), uma menina que é entregue à um casal adotivo durante a Segunda Guerra Mundial, já que sua mãe comunista era perseguida pelo nazismo e não tinha como cuidar dos dois filhos.

Liesel e seu irmão estavam à caminho do subúrbio pobre de uma pequena cidade alemã para ficarem com seus novos "pais", quando o pequeno morre e tem que ser enterrado no meio do caminho. É aí que a mocinha começa a furtar livros, sendo o primeiro um tipo de manual da profissão, que caiu do bolso do coveiro durante o enterro.

Até então, Liesel não sabia ler, mas tudo iria mudar após conhecer seu novo pai Hans (Geoffrey Rush), que a ensinou com todo o carinho e cuidado que um verdadeiro pai faria. É justamente na paixão pela leitura, que ela encontra refúgio e conforto, para enfrentar tudo o que acontecia ao seu redor.

A história é realmente linda e muito triste, porém, comovente e emocionante, mostrando o que acontecia com as pessoas durante a segunda grande guerra e a fúria de Hitler: os maus tratos, a falta de comida, os homens obrigados a irem para a batalha, as pessoas perseguidas, os assassinatos...

Quanto à semelhança com o livro, não posso comentar, pois não o li. Mas, pensando que nenhuma adaptação da literatura para o cinema é perfeita, "A menina que roubava livros" também deve conter cenas um pouco diferentes do que foi descrito na obra escrita. Ainda assim, vale a pena assistir.

O livro escrito pelo australiano Markus Zusak foi um sucesso editorial, permanecendo por 99 semanas seguidas na lista de mais vendidos da Revista Veja - a partir de seu lançamento em 2007. Chegou a ser eleito um dos Melhores Livros de 2007, pelo jornal O Globo.

Adicionar comentário






Código de segurança
Atualizar


Expediente

Tabatha03

Jornalista responsável pelo

Diálogos da Moda:

Tabatha Moral Antonaglia

Leia mais...

modelo-dialogos

Diálogos da Moda - Todos os direitos resevados - Copyright 2012 © - Desenvolvido por Bruno Natal